I Mostra de Cinema Italiano chega a Campinas em abril

cinemaitaliano

Entre os dias 6 e 13 de abril, Campinas irá receber a primeira edição da Mostra de Cinema Italiano, tendo a estreia mundial do filme “A Verdade” (Le Veritá), do diretor Giuseppe Alessio Nuzzo. Serão exibidas 17 obras contemporâneas e três filmes do cineasta Elio Petri (1929-1982), que será homenageado. Também irá acontecer o “Cine Gourmet”, um evento gastronômico no dia 9 de abril, na Praça Carlos Gomes.

Baixe nossos e-books gratuitos AQUI



O cineasta Francesco Bruni, o ator e produtor Francesco Siciliano e a atriz Nicoletta Romanoff estarão presentes no evento.

Haverá também cerimonias acadêmicas. Os artistas participantes irão debater, com estudantes e professores, características da realidade italiana e da arte cinematográfica na Universidade Estadual de Campinas (Unicamp), na Pontifícia Universidade Católica de Campinas (PUC-Campinas), na Universidade Presbiteriana Mackenzie e na Esamc.


O evento é promovido pela Prefeitura de Campinas, com parcerias do Instituto Luce Cinecittà (vinculado ao Ministério de Patrimônio e da Atividade Cultural e do Turismo da República Italiana), Top CinePlex (Shopping Prado Boulevard), Convention Bureau, Unicamp, PUC-Campinas, Mackenzie, Esamc, Associação VIVI Brasil e a Società Italiana Lavoro e Progresso. A entrada será franca e irá ocorrer em vários pontos da cidade.

Conheça nosso canal no YouTube AQUI

I Mostra de Cinema Italiano em Campinas
Data: 6 a 13 de abril
Mais informações: cinemaitaliano.campinas.sp.gov.br

Arrivederci.



Veja Também:

Francês para viagem

Intercâmbio com desconto

Italiano para viagem

Inglês para viagem

Espanhol para viagem

Alemão para viagem

Quer trabalhar no Canadá? Veja as carreiras mais valorizadas

Empresas na Itália buscam profissionais fluentes em português

Québec (Canadá) busca brasileiros para trabalhar

Dicas de estudo autodidata: é possível obter sucesso estudando sozinho?

taxa de aprendizagem 2

Estudar não é tarefa fácil, cumpri-la sozinho, sem o auxílio de um professor então, exige mais disciplina e dedicação ainda daquele que se empenha nessa missão. Aprender de forma independente e isolada, geralmente motiva pessoas curiosas e que não têm paciência de seguir um curso regular, ou ainda, aqueles que não encontram orientações que julguem adequadas ou suficientes.

Baixe nossos e-books gratuitos AQUI



  • Será que eu posso ser autodidata?

Na realidade, qualquer pessoa pode ser um autodidata, porém existem dificuldades a serem enfrentadas nessa forma de estudo. Um exemplo muito corriqueiro é a falta de estímulo e comprometimento, afinal, quando estamos fazendo algo sozinhos controlamos nosso tempo e se não tivermos disciplina, os estudos não avançam.

Nesse sentido, o ideal é fazer um cronograma com metas, assim, à medida que elas forem sendo alcançadas, é possível criar novas, progredindo sempre. Um exemplo é determinar quantos capítulos você vai ler em cada hora de estudo, facilitando assim a organização e planejamento.

  • Como começo meus estudos como um autodidata?

Talvez essa seja a maior dificuldade de quem quer começar a estudar de forma independente, pois quando se escolhe um assunto, a quantidade de matéria pode ser imensa, assim, o estudante tende a ficar perdido.

Uma boa opção é ter uma noção geral de todos os pontos que a matéria aborda e, se possível, elencá-los por meio de tópicos, assim, estes podem ser separados por níveis de dificuldade, e seguir o cronograma traçado pelo corajoso estudante.

  • Como deve ser o dia a dia de um autodidata?

É necessário estipular um horário fixo para estudar, já que o autodidata precisa ter muita disciplina para conseguir avançar efetivamente nos estudos os horários de alimentação, sono, entre outras atividades, deve ser sempre iguais, assim, evita-se que o corpo acostume e é um meio de fugir daquela preguiça tão comum quando estamos em casa.

Além disso, conheça seus limites. Não adianta passar horas lendo textos e livros sem compreender realmente o que está escrito ali. O recomendado é que sejam realizadas pausas de 10 minutos a cada hora, assim, o cérebro terá um aproveitamento melhor. Estima-se às 11 horas é o horário em que o cérebro melhor trabalha, por isso, aproveite essa hora para dedicar-se a temas e assuntos mais complexos.

Conheça nosso canal no YouTube AQUI



  • Quais materiais devo utilizar?

Apesar de hoje dispormos de toda facilidade da internet, é importante que o estudante não deixe os velhos livros de lado, tendo em vista que muitas informações e opiniões de autores experientes podem auxiliar significativamente na construção do conhecimento.

Além disso, frequentar uma biblioteca pode ser proveitoso, vez que se trata de um ambiente calmo e tranquilo, podendo aumentar sua concentração. A concentração, inclusive, é muito importante aos estudos, por isso, busque sempre lugares tranquilos, bem iluminados e silenciosos, isso ajudará nos estudos. Porém, à noite, cuidado com o excesso de luminosidade, ela pode acabar inibindo a produção do hormônio melatonina e ainda prejudicando seu sono, podendo causar até insônias, preste atenção!

  • Devo me auto avaliar?

Sim, certamente. Todo curso ou cronograma de estudo possui métodos de avaliação para que o aluno possa avançar. Com os estudos autodidatas isso também se verifica, mas o aluno precisa ter a destreza de buscar simulados e avaliações que possa fazer, ciente de que qualquer tipo de “cola” ou trapaça prejudicará única e exclusivamente a si mesmo.

  • Mas será que o estudo autodidata é eficiente?

Muitas instituições de ensino, entre elas Harvard e MIT, já reconheceram a eficácia dos estudos autodidatas, desde que realizados com empenho e comprometimento. Portanto, se você está pensando em voltar aos estudos, mãos à obra!


Um exercício prático importante e que ajuda a testar o aprendizado é ao fim dos estudos do dia, escrever por cinco minutos o que vier a cabeça do conteúdo estudado no dia, também podendo servir como um resumo para estudar.

Mas lembre-se sempre, todo mundo precisa de alguma diversão de vez em quando. Não exija muito de você mesmo e permita-se algumas flexibilizações, que não vão prejudicar em nada seu resultado final.

Conheça nosso programa de Intercâmbio AQUI


Veja Também:

Quanto o salário aumenta com inglês

Intercâmbio com desconto

Tabela Fonética do inglês

Fonética do Francês

Fonética do Alemão

Fonética do Italiano

Francês para viagem

Italiano para viagem

Inglês para viagem

Espanhol para viagem

Alemão para viagem

Quer trabalhar no Canadá? Veja as carreiras mais valorizadas

Empresas na Itália buscam profissionais fluentes em português

Québec (Canadá) busca brasileiros para trabalhar

Fonética de Francês

francês blog
Tabela da fonética de francês

Você aprecia francês e em alguns momentos fica em dúvida de como expressar certas palavras?



Para ouvir os sons vá para a página de fonética do site clicando aqui.

http://www.idiomafacil.com.br/indexB.php?pag=Pagina&id=117

O alfabeto francês é baseado no alfabeto latino, tendo 26 letras. A língua francesa é muito próxima da língua portuguesa, mas com uma fonética bem diferente das outras línguas latinas.

Baixe nossos e-books gratuitos AQUI



Na tabela acima mostramos as principais junções da fonética francesa.

Em francês nunca se pronuncia o fim da palavra, salve se preceder de vogal, aí juntam-se as duas palavras em um som só. Há também cinco acentos diferentes, que podem mudar a pronúncia quando acompanhadas de certas letras, são eles: l’accent aigu (acento agudo), l’accent grave (acento grave), la cédille (ç), l’accent circonflexe (acento circunflexo) e le tréma (trema).

Veja uma playlist de diálogos no Youtube AQUI





Veja Também:

Francês para viagem

Intercâmbio com desconto

Italiano para viagem

Inglês para viagem

Espanhol para viagem

Alemão para viagem

Quer trabalhar no Canadá? Veja as carreiras mais valorizadas

12 passos para estudar no exterior

Québec (Canadá) busca brasileiros para trabalhar

Fonética de Italiano

italiano blog
Tabela da fonética de italiano

Você gosta de italiano e em alguns momentos fica em dúvida de como falar certas palavras?



Para ouvir os sons vá para a página de fonética do site clicando aqui.

http://www.idiomafacil.com.br/indexB.php?pag=Pagina&id=277

A língua italiana é bem próxima da língua portuguesa, com uma fonética com alguns pontos específicos. O alfabeto italiano é variado do alfabeto latino, e conta com 21 letras, sendo cinco vogais e 16 consoantes.

Baixe nossos e-books gratuitos AQUI



Na tabela acima mostramos as principais junções da fonética italiana.

Assim como no português, podem ser escritas com letras maiúsculas e minúsculas, que são normalmente do gênero feminino (do A ao Z). Devemos acrescentar mais cinco letras ao alfabeto, pois nele não constam o j, k, w, x e y, que são usadas na mesma ordem do alfabeto português, e aparecem principalmente em palavras estrangeiras.

Veja uma playlist de diálogos em italiano no Youtube AQUI





Veja Também:

Francês para viagem

Intercâmbio com desconto

Italiano para viagem

Inglês para viagem

Espanhol para viagem

Alemão para viagem

Quer trabalhar no Canadá? Veja as carreiras mais valorizadas

12 passos para estudar no exterior

Québec (Canadá) busca brasileiros para trabalhar

Fonética de Inglês

inglês blog
Tabela da fonética do inglês

Você gosta de inglês e em alguns momentos fica em dúvida de como dizer certas palavras?



Conheça nosso programa de Intercâmbio AQUI

Para ouvir os sons vá para a página de fonética do site clicando aqui.

O alfabeto inglês tem as mesmas 26 letras do alfabeto latino. A língua inglesa é um pouco distante da língua portuguesa, com uma fonética bem específica. Em inglês não existem acentos nas palavras, alguns vocábulos/sons também não existem em português, sendo necessário praticar para aperfeiçoar a pronúncia.

Baixe nossos e-books gratuitos AQUI



Na tabela acima mostramos as principais junções da fonética inglesa.

Um jeito de memorizar a fonética é a repetição das palavras, que junto com a memorização são bases da aprendizagem do inglês. Você deve primeiro praticar a pronúncia, para depois avançar na aprendizagem da gramática e regras.

Veja uma playlist de diálogos no Youtube AQUI





Veja Também:

Quanto o salário aumenta com inglês

Intercâmbio com desconto

Inglês para viagem

Francês para viagem

Italiano para viagem

Espanhol para viagem

Alemão para viagem

Quer trabalhar no Canadá? Veja as carreiras mais valorizadas

12 passos para estudar no exterior

Québec (Canadá) busca brasileiros para trabalhar

Fonética de Alemão

alemão blog
Tabela da fonética alemã

Você aprecia alemão e em alguns momentos fica em dúvida de como pronunciar certas palavras?



Para ouvir os sons vá para a página de fonética do site clicando aqui.

http://www.idiomafacil.com.br/indexB.php?pag=Pagina&id=359

O alemão usa as 26 letras do alfabeto latino e mais quatro letras. A língua alemã é um pouco distante da língua portuguesa, com uma fonética bem específica, sendo distante também de outras línguas latinas e mais próxima do inglês, por ser anglo-saxã.

Baixe nossos e-books gratuitos AQUI



Na tabela acima mostramos as principais junções da fonética alemã, que tem como principal característica a diferenciação entre vogais longas e curtas, e também as vogais com trema.

Algumas vezes, as palavras alemãs soam como as do inglês, pois são línguas anglo-saxônicas. Um exemplo em inglês é either que tem duas pronúncias diferentes, uma próxima do alemão.

Veja uma playlist de diálogos no Youtube AQUI





Veja Também:

Francês para viagem

Intercâmbio com desconto

Italiano para viagem

Inglês para viagem

Espanhol para viagem

Alemão para viagem

Quer trabalhar no Canadá? Veja as carreiras mais valorizadas

12 passos para estudar no exterior

Québec (Canadá) busca brasileiros para trabalhar

12 passos para estudar no exterior

estudar fora-min

Você quer estudar fora e não sabe como fazer isso? Comece por se preparar. Dependendo do tipo de curso que quer fazer, é recomendável se organizar com pelo menos seis meses de antecedência. Alguns processos podem ser longos, trabalhosos e vão exigir bastante do seu tempo e dedicação. Não deixe tudo para a última hora!

Baixe nossos e-books gratuitos AQUI



Conheça nosso programa de Intercâmbio AQUI

Siga estes passos para montar sua viagem de estudos no exterior.

1 – Decida qual curso quer fazer fora do país
. Curso de curta duração ou Summer Course;
. Intercâmbio universitário – seis meses ou um ano;
. Graduação completa;
. Curso de Especialização;
. Pós-graduação: MBA, Mestrado, ou Doutorado.
. Curso de idiomas;
. Moradia com amigos;
. Aprendizado com trabalho.

2 – Analise seu perfil como estudante: notas, desempenho, habilidades, dedicação, interesses…
Esta é uma parte importante do processo, para você não se frustrar. Compreender seu perfil vai te ajudar a fazer melhores escolhas, isto é, considerar instituições de ensino que combinam com você. Não se trata só de notas, mas de descobrir onde você vai se desenvolver melhor como estudante e como indivíduo. Converse com professores e outras pessoas que possam te avaliar nesse sentido.

3 – Em qual idioma quer estudar?
A menos que você queira aprender um novo idioma, é sempre melhor ir para um país no qual vai estudar em uma língua que já conhece bem ou tenha um domínio pelo menos intermediário. Lembre-se que a maior parte das instituições de ensino exigem uma prova de proficiência, e isso é verdade mesmo para alguns cursos de verão. Em alguns casos há cursos iniciais para acelerar a compreensão.

4 – Saiba a sua condição financeira real
É importante ter o pé no chão quando o assunto é dinheiro. Até porque isso será um fator de definição na escolha da cidade e da instituição de ensino onde quer estudar. Normalmente a estimativa de gastos gira em torno de 800 a 1.200 dólares/euros mensais. Mas isso vai depender do lugar onde está e como quer ou pode viver. Saiba que a vida de um estudante pode ser bem simples e barata fora do Brasil. Procure trabalhos freelance ou meio período desde o começo. Há sites que se pode prestar serviço na net como fiverr.com e workana.com para vários tipos de serviço.

5 – Escolha da cidade
Preste muita atenção neste “detalhe”. Viver em um lugar novo com características que você não gosta pode ser complicado. Estou falando de questões aparentemente simples como cidade pequena vs. cidade grande, clima frio vs. clima não tão frio. Pesquise os lugares de seu interesse. Saiba como é a vida de um estudante por lá, o que tem para fazer. Converse com pessoas que já moraram nesses locais. Sua experiência internacional será muito mais rica se estiver feliz com o lugar que escolheu para estudar!

6 – Pense em quais instituições de ensino gostaria de estudar
Aqui você vai fazer um combinado do seu perfil, interesses, desempenho acadêmico e escolha de cidades. Navegue pelos sites das universidades ou escolas de idiomas. Entenda seus programas, exigências e expectativas. Leia sobre as experiências de outros estudantes.
Visite as feiras de intercâmbio que acontecem ao longo do ano para conversar com representantes das instituições e tirar suas dúvidas. Navegue por sites especializados como: Hotcourses Brasil, AIESEC, Estudar Fora, QS Top Universities, ISA Student Blog, DAAD, Campus France, Study in NZ,Study in Australia, Nuffic Neso Brasil, Education USA, British Council, Study in Canada, Belta.



7 – Conheça as experiências de pessoas que estudaram fora
Aprenda com os erros e acertos dos outors. Converse com que já estudou fora. Leia depoimentos em Blogs. Saiba como foi a experiência delas – o que acharam da instituição de ensino, da cidade onde viveram. Apesar de serem visões particulares, são valiosas. É importante ter essas informações para poder chegar às suas conclusões.

8 – Escolha sua moradia
É aconselhável conhecer as opções de moradia antes de partir. E reservar antes, se possível. Estudantes internacionais moram no housing das universidades, ficam em casas de famílias – Homestay, dividem um apartamento ou casa com outras pessoas, ou alugam um apartamento/casa quando querem viver sozinhos ou com suas famílias.
Os custos variam muito e certamente estarão relacionados com as suas condições financeiras e estilo de vida.
As melhores oportunidades contudo achará diretamente nos locais. Depois que você já conhece um pouco, onde prefere morar na cidade, preços etc.

9 – Tente uma bolsa de estudos
A oferta de bolsas é grande e muita gente consegue estudar fora com apoio integral. Pesquise sites de universidades, organizações/fontes oficiais de ensino superior internacionais e entidades promotoras de bolsas. Leia pacientemente tudo que cair nas suas mãos.
Para quem quer fazer cursos de idioma ou de curta duração, é mais difícil conseguir bolsas. Mas volta e meia aparecem oportunidades e concursos interessantes.

10 – Inicie seu processo de candidatura
Uma vez definidos todos os quesitos acima, você pode dar início ao seu processo de candidatura – application. Alguns processos são bem simples e não exigem nenhuma documentação especial.
Para cursos mais prolongados, as demandas mudam. Cada instituição de ensino tem exigências próprias, mas a esta altura você já sabe o que tem que fazer. Certamente precisará organizar e traduzir sua documentação escolar, fazer exames e preencher formulários. Em alguns casos precisará solicitar cartas de recomendação e/ou escrever um short essay ou personal statement.

11 – Organize sua documentação
Uma vez aprovado e inscrito na instituição de ensino, é chegado o momento de cuidar de assuntos mais burocráticos como passaporte, visto de estudante e passagem aérea. Confira se o seu passaporte estará valido pelo tempo em que vai ficar fora. Com a carta de aceitação da instituição de ensino em mãos, procure o consulado do país que emitirá seu visto de estudante e dê entrada nos papéis. Compre suas passagens com calma e depois de muita pesquisa. Os preços variam demais e há muitas ofertas.
OBS. Se você tem dupla-cidadania, precisará dos dois passaportes para sair do país.

12 – Prepare a sua bagagem
Menos é mais. Não dá para levar tudo com você, até porque vai voltar e certamente terá mais bagagem no retorno. Lembre-se que estará por sua conta enquanto estiver fora. Leve o que realmente vai usar e deixe aqui o que pode esperar por você.

Conheça nossa parceria em Câmbio AQUI



Importante: Para os que querem fazer uma especialização ou uma pós-graduação o processo é diferente. Porque as escolhas estão relacionadas com a área de interesse profissional específico. Conheça as escolas que preenchem as suas necessidades acadêmicas e investigue os programas e corpo docente. Fale com seu orientador e com professores que te acompanharam e te conhecem bem. Assim poderá definir com mais segurança para onde deve se candidatar.


Veja Também:

Tabela Fonética do inglês

Intercâmbio com desconto

Fonética do Alemão

Fonética do Francês

Canal no YouTube

Fonética do Italiano

Francês para viagem

Italiano para viagem

Inglês para viagem

Espanhol para viagem

Alemão para viagem

Quer trabalhar no Canadá? Veja as carreiras mais valorizadas

Empresas na Itália buscam profissionais fluentes em português

Québec (Canadá) busca brasileiros para trabalhar

Québec, Canadá, busca brasileiros para trabalhar

Canada-Flag

A agência de desenvolvimento econômico da província de Québec, no Canadá, está em busca de profissionais brasileiros para trabalhar em empresas situadas na região.

Os profissionais disputados pelas empresas são das áreas de Tecnologia da Informação (TI) e Usinagem.

Baixe nossos e-books gratuitos AQUI



A agência está realizando um recrutamento virtual na América Latina, focando no Brasil, Colômbia e México. É detalhado:

“O objetivo é selecionar, com agilidade e assertividade, trabalhadores qualificados para ocuparem cargos disponíveis na região, além de oferecer a possibilidade de vivência em uma localidade dinâmica e com uma das taxas de desemprego mais baixas do Canadá.”

Além de formação em TI ou na área de Usinagem, os profissionais precisam ter francês básico a avançado (dependendo do cargo), já que a língua oficial mais usada do Québec é o francês mas o inglês também é.

Conheça nossa parceria em Câmbio AQUI



O nível de conhecimento do idioma é estabelecido pelas empresas contratantes e varia entre intermediário e avançado para as vagas em TI. Já para a área de Usinagem, algumas empresas podem ser mais flexíveis e exigir, em alguns casos, apenas o francês básico.

Os interessados podem consultar todas as vagas disponíveis e se inscrever gratuitamente enviando o CV em francês pelo portal www.quebecnacabeca.com.



Caso seja contratado, o contrato permite obter uma autorização e um visto para trabalhar e viver na região. A empresa ajudará nos trâmites do processo junto ao governo local, também dará suporte para o candidato se estabelecer sozinho, ou junto com a família, na cidade.

Conheça nossa promoção do Peixe Urbano e Groupon AQUI

Inscrições

Os candidatos podem participar do processo de recrutamento até o dia 07 de agosto, ou próximo domingo no site www.quebecnacabeca.com, e todos os requisitos das vagas estão disponíveis também em português.

Os profissionais que forem selecionados por uma ou mais empresas serão convocados para uma entrevista por Skype, agendada entre os dias 29 de agosto e 2 de setembro. Boa sorte!

Conheça nosso programa de Intercâmbio AQUI



Veja Também:

Quanto o salário aumenta com inglês

Intercâmbio com desconto

Tabela Fonética do inglês

Fonética do Francês

Francês para viagem

Italiano para viagem

Inglês para viagem

Espanhol para viagem

Canal no YouTube

Quer trabalhar no Canadá? Veja as carreiras mais valorizadas

Empresas na Itália buscam profissionais fluentes em português

IBM e 3M estão contratando no mundo e no Brasil

Canal infantil no Youtube – Cantigas – Nursery Rhymes

Nursery

A criança deve ser sensibilizada para o mundo dos sons, pois, é pelo órgão da audição que ela possui o contato com os fenômenos sonoros e com o som. Quanto maior for a sensibilidade da criança para o som, mais ela descobrirá as suas qualidades. Portanto é muito importante exercitá-la desde muito pequena, pois esse treino irá desenvolver sua memória e atenção. Neste contexto introduzir um novo idioma neste processo fará com que relembre para o resto da vida.



A música é importante na aprendizagem, pois a criança desde pequena já ouve música, muitas vezes é cantada pela mãe, ao dormir, a famosa ‘cantiga de ninar.

Na aprendizagem a música é muito importante, pois o aluno convive com ela desde muito pequeno. Este efeito pode ser útil, mesmo com menos intensidade, na aprendizagem adulta.



A música quando bem trabalhada desenvolve o raciocínio, criatividade, dons e aptidões, então, deve-se aproveitá-la para o aprendizado de idiomas.

A música e a dança atuam no corpo e desperta emoções, neste sentido faz com que o aprendizado seja assimilado de forma divertida e leve.



A criança que consegue desenvolver pouco a pouco a apreciação sensorial, aprende a gostar ou não de determinados sons e passa a reproduzi-los e a criar novos desenvolvendo sua imaginação. A boa música harmoniza o ser humano, trazendo-o de volta a padrões mais saudáveis de pensamento, sentimento e ação.


 

Estamos com um novo canal no YouTube!

Um canal voltado para as crianças aprenderem outros idiomas por meio de cantigas famosas as Nursey Rhymes.

Os vídeos também podem ser usados por adultos para entendimento das palavras das músicas. Após escutá-las podem ir ao canal tradicional onde terão os vídeos legendados.

Conheça nosso programa de Intercâmbio AQUI

INSCREVA-SE: http://bit.ly/kidsidiomafacil
E-BOOK GRÁTIS AQUI: http://bit.ly/ganharumebook
FACEBOOK: http://www.facebook.com/idiomafacil.c…

 

Para aprendizado completo acesse: www.idiomafacil.com.br

 





Veja Também: 

Empresas na Itália buscam profissionais fluentes em português 

Intercâmbio com desconto

Quer trabalhar no Canadá? Veja as carreiras mais valorizadas

Italiano para viagem 

Inglês para viagem 

Espanhol para viagem

Alemão para viagem

Francês para viagem

Inglês para Enem

QUER GANHAR UMA ESTADIA NA TORRE EIFFEL?

PROMO EIFFEL

Não, não transfomarão a Torre Eiffel em hotel, mas a agência HomeAway, uma das maiores no ramo de aluguel por temporada e representada no Brasil pelo AlugueTemporada, vai montar um dormitório temporário exclusivo para hospedar quatro pessoas mais acompanhantes por uma noite em um dos cartões-postais mais famosos do mundo.

Baixe nossos e-books gratuitos AQUI

Trata-se de um concurso que vai premiar as melhores respostas da pergunta: “O que você faria se a Torre Eiffel fosse só sua por uma noite?”. Para participar, os usuários devem acessar o site da promoção, fazer o cadastro e responder de forma criativa a pergunta.

 

Conheça nossa parceria em Câmbio AQUI

As quatro melhores respostas darão aos vencedores o direito de escolher cinco acompanhantes para viver essa experiência inusitada. Cada ganhador se hospedará em noites diferentes entre os meses de junho e julho e ganhará também mais três hospedagens em um hotel de luxo de Paris.

O quarto será montando no primeiro andar da torre, mas os detalhes da acomodação não foram revelados pela HomeAway.

O resultado será divulgado dia 10 de junho. As inscrições vão até 5 de junho.

 






Veja Também:

Francês para viagem

Intercâmbio com desconto

Italiano para viagem

Inglês para viagem

Espanhol para viagem

Alemão para viagem

Quer trabalhar no Canadá? Veja as carreiras mais valorizadas

Empresas na Itália buscam profissionais fluentes em português

Canal no YouTube